12 março, 2017

Resenha: A Escolha

"Até onde devemos ir em nome do amor?"
Sinopse: A Escolha conta a história de duas pessoas bem diferentes: Gabby, uma mulher da Carolina do Norte (EUA), que sempre obedeceu aos pais, comportou-se bem e nunca arranjou muito tempo para si, e Travis, o veterinário da cidade, que adora viver nos extremos, com seus esportes radicais.
Acontece que Gabby e Travis têm algo em comum: são vizinhos e amam cachorros. Ele tem um boxer gigante e ela uma border collie. E, graças aos cães, os vizinhos se conhecem.
No entanto, apesar de suas tentativas, Travis não consegue agradar a linda ruiva Gabby, que, definitivamente, parece não gostar dele.
Até o dia em que resolvem tentar de novo e se conhecer começando pelo "oi". A partir daí a relação entre os dois muda completamente...

Esse livro não está, nem de longe, entre os 10 melhores livros do Nicholas Sparks, e olha que eu gosto muito desse moço... Escolhi esse por ser o de menor número de páginas que eu ainda não tinha lido, não sou muito de ler a sinopse antes de começar a ler porque acho que tem muito spoiler, mas já aviso pra vocês que a sinopse desse livro não faz com que a gente tenha a menor ideia sobre o que ele trata.

A história começa com uma super confusão, Gabby está estressada depois de ter uma semana péssima, no trabalho, na família e no amor, o fato de suspeitar que sua cadela amada está grávida é a gota d'água. Assim, ela decide ir até a casa de seu vizinho, Travis, para tirar satisfações com o "avô" dos filhotes e acaba falando mais do que gostaria e deixando uma péssima primeira impressão. Tudo piora quando ela descobre que Travis é, também, o veterinário da cidade e que o cachorro que ela estava acusando de ser o pai é castrado.
A vergonha a impede de ter uma boa relação com seu vizinho, mas tudo muda quando sua cadela entra em trabalho de parto e ela precisa da ajuda de um veterinário, a partir daí a relação entre eles começa a melhorar e ela aceita seu convite para um churrasco entre amigos na intenção de provar que não é louca e não sai gritando e xingando qualquer um, porém, é nesse final de semana que a vida de ambos muda para sempre...

"- Eu tenho um namorado.
- Ótimo. Traga-o também.
- Estamos namorando há quatro anos.
- Como eu disse, ele será muito bem-vindo.
- Ele está passando alguns dias fora da cidade.
- Então, se você não estiver ocupada, apareça por lá.
-Não sei se é uma boa ideia.
- Por que não?
- Estou apaixonada pelo meu namorado.
- E...?
- E o quê?
- E... Você pode continuar apaixonada por ele na minha casa." 

Confesso que enrolei muito pra ler esse livro, ele é dividido em duas partes: a primeira se passa em 1996 e a segunda em 2007. O início me atraiu, achei bastante divertido, mas depois a história simplesmente continua, não tem um momento em que ela começa a melhorar e torna impossível largar o livro, como é típico da escrita de Sparks. O livro simplesmente continua sendo bom, só isso. Na parte dois, existe um mistério que incentiva a leitura e, aí sim, ela flui até o final do livro com muita facilidade, mas ainda assim a história apenas segue sendo boa. O final, que deveria causar emoção, acaba sendo escrito de maneira muito simples e superficial, transformando o clímax em um fato corriqueiro.

Esse livro está na minha estante desde 2012, esse foi um dos motivos que me levou a ler ele agora, tô tentando de verdade acabar com essas leituras esquecidas. Esse é o único livro do Nicholas Sparks que eu terminei sem suspirar e dizer "ai, ai, esse foi o melhor livro do autor", o que foi uma surpresa pra mim, já que nos últimos 10 foi exatamente isso que aconteceu! Estou louca pra ler o próximo pra poder me livrar desse sentimento horrível de "eu não amei um livro do Nicholas Sparks"

INFORMAÇÕES GERAIS:
Título original: The Choice
Autor: Nicholas Sparks
Ano de publicação: 2007
Gênero: Romance
N° de páginas: 303
Editora: Novo Conceito
Classificação: 3/5
Data do início da leitura: 02/03/2017
Data do término: 10/03/2017

DESAFIOS:
Livreando: Livro de romance
Bingo: Livro escolhido pelo título

Esse é o primeiro livro que eu li em março, seguindo o Desafio Literário Livreando, na categoria "Livro de romance", se alguém tiver interesse em saber mais é só clicar na imagem!!


5 comentários:

  1. Ainda não li esse livro, mas ta na minha lista já faz um tempinho hahaha
    Amei a resenha
    Xoxo

    capaepapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é, hahah, dê uma chance, ler Sparks é sempre bom!!

      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  2. Eu comecei a ler este livro e por algum motivo eu deixei de ler, mas em breve pretendo retornar a leitura! Ele me parece muito bom... tenho muitas expectativas sobre ele... mas você disse que ele não é nem um dos 10 melhores do autor (que eu amo), então fiquei meio assim, rsrs. Mas gostei da resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a ler este livro e por algum motivo eu deixei de ler, mas em breve pretendo retornar a leitura! Ele me parece muito bom... tenho muitas expectativas sobre ele... mas você disse que ele não é nem um dos 10 melhores do autor (que eu amo), então fiquei meio assim, rsrs. Mas gostei da resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente não é um dos melhores, melhor desfazer as expectativas antes de ler, haha!

      Obrigada pelo carinho e pela visita <3

      Excluir

Social Profiles

Twitter Facebook Google Plus RSS Feed Email

Banner

Banner

Receba notificações!!

Caroline Foletto

Minha foto
Rio Grande do Sul, Brazil
20 anos, estudante de direito.

Instagram

Seguidores

Meta de Novembro

  • A Esperança - Suzanne Collins
  • Fala Sério, Irmão/Irmã - Thalita Rebouças
  • Inferno - Dan Brown
  • O Ninho dos Gaviões - José Maviael Monteiro
  • Repulsa e Piedade - Kalew Nicholas

Inscreva-se no canal

Editora parceira

Popular Posts

Visitantes

Tecnologia do Blogger.

Copyright © Leituras de verão | Powered by Blogger
Design by Lizard Themes | Blogger Theme by Lasantha - PremiumBloggerTemplates.com